16 de outubro de 2013 · 19:36

COMPARTILHE


REDES

RSS

De Olho na Cidade

HFM atendeu 14 mil acidentados de moto em 5 anos

Iremos receber o diretor geral do HFM, Ricardo Madeira, nesta quinta-feira
Ururau

Iremos receber o diretor geral do HFM, Ricardo Madeira, nesta quinta-feira

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) promoveu um levantamento sobre os casos de acidentes de motos nos últimos cinco anos. Os números são surpreendentes e totalizam quase 14.000 motociclistas atendidos nesse período no Hospital Ferreira Machado (HFM), com média anual de 2.800.

Para falar deste e outros assuntos, além da manifestação dos funcionários do HFM, nesta quarta-feira, iremos receber o diretor geral do HFM, Ricardo Madeira.

O HFM é classificado como nível 3 pelo Ministério da Saúde e funciona como referência regional no atendimento de emergência, principalmente, de trauma. Para a unidade hospitalar, são direcionados os casos traumáticos graves do eixo da BR-101 entre a divisa com o estado do Espírito Santo e o limite com a cidade de Macaé, além da BR-356 no trecho entre Santo Antônio de Pádua e São João da Barra.

Preocupado com o grande número de pacientes internados na clínica cirúrgica vítimas de acidentes motociclísticos, o presidente da FMS, José Manuel Moreira, solicitou o levantamento e os dados são preocupantes. “De 2008 a 2012, foram 13.964 motociclistas vítimas de acidentes atendidos no HFM. Precisamos nos unir para trabalhar de forma educativa para evitar que jovens percam suas vidas, ou acabem mutilados e sem condições de retomarem suas atividades normais”, comentou.

Mayon Azeredo Gomes, 24 anos, sofreu um acidente de moto há 4 meses. Segundo ele, um carro o atropelou perto de casa enquanto passeava pelo bairro Parque São José. Ele estava sem capacete e acabou perdendo a perna esquerda, além de ter o braço, também esquerdo, quebrado em dois lugares. “Primeiro, fiquei internado uns 40 dias passando por cirurgias na perna e no braço. Fui liberado, mas tive que me internar de novo para retirar a platina que meu corpo rejeitou. Após três semanas, estou de alta”, disse confiante.

Conscientização - Para atingir jovens como Mayon, o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) vem promovendo campanhas de conscientização para motociclistas, motoristas e pedestres, conforme informação do chefe da divisão de educação no trânsito do IMTT, Leonardo Batista Simões.  “No mês passado, promovemos uma grande campanha de rua na Semana Nacional de Trânsito, mas isso não é tudo: o trabalho é continuado e ações acontecem através de panfletagens e palestras em empresas e escolas. Agora, estamos promovendo um levantamento junto à Guarda Civil Municipal para identificarmos quais são as infrações mais frequentes e focarmos nossas ações nelas”, relatou.

Publicidade

Ururau

Ururau © Copyright 2008 - 2017
Criado em Novembro/2008 • Novo Site 01 de Janeiro/2013
Contato: (22)9988-24858 / (22)2722-2468
Contato Redação: ururau@ururau.com.br • Contato Comercial: comercial@ururau.com.br
Fale conosco, clique aqui!

Buscas

ByChucas.com